Desenvolvimento de uma Estratégia de Marketing Digital

Um dos grandes problemas que a maior parte das empresas enfrentam, na aprendizagem da criação de uma estratégia de Marketing, é que começam por implementar técnicas e campanhas, sem antes fazerem pesquisas que lhe venham a permitir medir, rastrear e otimizar o que vai ser feito. Sem tomarem estas ações, dificilmente saberão o que estão a vender, o mercado onde estão a atuar e, claro, se estão a ser bem sucedidos. Para evitar que tal situação aconteça, reúna todos os colaborares que vão estar envolvidos na estratégia de Marketing da empresa, e dêm seguimento às seguintes tarefas:  

A) Criação das Personas

Hoje em dia já não é possível alcançar determinada pessoa sem um objetivo, com as suas técnicas de Marketing, ou seja, já não é suficiente fazer um Marketing para visando alcançar um público-alvo em massa. Assim, é essencial a empresa saber com a maior precisão possível, com quem de facto quer estar em contato. E, para isso, cria personas que consultará sempre que for criar novos conteúdos/campanhas para a sua estratégia de Marketing. As personas ajudarão os marketers a visualizar para quem estão de facto a endereçar as suas ações de Marketing, a fim de tomarem decisões focadas baseadas sobre o seu público e não sobre o que acha que ele precisa. Assim, quanto mais informações conseguir recolher para incluir nas suas personas, mais facilmente tomará decisões relativamente a:
  • Tipo de técnicas de Marketing usará: Redes Sociais, Marketing de Conteúdo, E-mail Marketing ou Vídeo Marketing?
  • Onde deve concentrar a sua atenção: offline, online ou em ambos? Marketing local ou a nível nacional? A empresa é uma marca global ou uma PME?
  • Quais são os itens problemáticos que precisa resolver: como pode convencer o seu cliente de que ele precisa adquirir os seus produtos/serviços da sua empresa? O que os sues clientes estão à procura? Do que é que os seus clientes gostam e não gostam? Poderá precisar de várias buyer personas, consoante a dimensão do seu negócio. O importante a reter é que é importante personalizar e adequar ao máximo a sua mensagem ao público com o qual está a comunicar, tentando não ser tudo para toda a gente.
 

B) Conheça a Concorrência

Já deve ter ouvido algumas vezes a máxima, mantenha os seus amigos por perto e os seus inimigos mais perto ainda. Pois bem, se quiser saber como desenvolver uma estratégia de Marketing que detone com a sua concorrência mais direta dentro do seu nicho de negócios, vai precisar de fazer uma análise dos seus concorrentes. Fazer a análise dos seus concorrentes, permitir-lhe-á chegar a uma base de clientes parecida, mas também perceber o que estarão a fazer mal e que a sua empresa poderá melhorar. Quanto mais souber sobre os seus concorrentes, os seus pontos fortes e os seus pontos fracos, mais poderá diferenciar-se deles. Apresentamos algumas formas de auscultar o que os seus concorrentes estão a fazer:
  • Subscreva listas de e-mail dos seus concorrentes e feeds de mídia social. Siga os seus blogs/newsletters, descubra como eles se conectam com os seus clientes e que tipo/tom de linguagem usam.
  • Utilize as ferramentas das Redes Sociais para descobrir onde os seus concorrentes têm as melhores conversas com seus clientes.
  • Experimente ferramentas de palavras-chave e análise digital para descobrir quais são as palavras que os seus concorrentes estão a usar para serem posicionados nos motores de busca.
 

C) Faça uma análise SWOT

Quando já tiver na posse de informação valiosa sobre os seus clientes e sobre os seus concorrentes, chegou a altura de se debruçar sobre a marca da sua empresa. Não interessa, se considera que sabe tudo sobre a sua empresa ou não, uma análise SWOT vai ajudá-lo a identificar os seus pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças. Com essa informação poderá delinear objetivos mais precisos e conduzi-los tendo em conta a visão e missão da sua marca empresarial. A análise SWOT também o ajudará a ver com mais clareza o que torna a sua empresa diferente da sua concorrência, bem como onde deverá posicionar-se no seu nicho de negócio. Para além da análise SWOT para a sua estratégia de Marketing global, pode ser útil fazer mais análises para cada campanha que leve a cabo, por exemplo, antes de fazer Plano de Marketing para as Redes Sociais.  

D) Jornada de Compra do Cliente

As melhores estratégias de Marketing são levadas a cabo por empresas que sabem o que é e implementam o conceito de funil de vendas. De acordo com a maioria dos especialistas em Marketing Digital, há 4 etapas que devem ser consideradas na Jornada de Compra: Aprendizagem e Descoberta; Reconhecimento do Problema; Consideração da solução; e Decisão de compra. Quanto mais souber sobre as diferentes etapas que os clientes percorrem desde o momento em que aprendem sobre a sua marca até ao momento em que decidem fazer uma compra, mais fácil será criar estratégias de Marketing que resultem. Por exemplo, durante o estágio de “aprendizagem e descoberta” do funil de compra, deve concentrar-se em estratégias fundamentais, como um website ou blog, para atrair o interesse do potencial cliente. Durante o estágio de “Consideração”, desejará mostrar a autoridade da sua empresa e começar a construir um relacionamento com os seus clientes através de estratégias sociais.  

E) Técnicas de Marketing vs Identidade da Marca

Para terminarmos, não se deixe cair em tentação quando estiver a aprender a criar uma estratégia de Marketing, entusiasmando-se com resultados de outras empresas que optaram por seguir determinadas tendências, como por exemplo, usando “Influencers”, querendo seguir os seus exemplos. Cada empresa e uma marca são diferentes, pelo que as técnicas de Marketing devem ser ajustada à imagem que cada uma está a tentar criar. Em última análise, embora sua estratégia de marketing seja um componente importante na construção de sua marca, lembre-se de que é apenas um guia. Ninguém pode prever o futuro, o que significa que a criação de uma estratégia de marketing não é um evento único. As suas estratégias de Marketing devem ser plasmadas para um documento que se quer e dinâmico que evolui com o tempo, ou seja, não é algo estático que fica numa prateleira a ganhar pó. Pretendemos uma estratégia que permita flexibilidade, e aprendizagem e acertos constantes para se alcançar o sucesso.
estrategias_rs