Bem vindos ao nosso blog!

O nosso objectivo é partilhar convosco o nosso conhecimento na vasta área do Marketing Digital, Inbound Marketing e Content Marketing, e interagir também através dos vossos comentários. Obrigado por estarem desse lado.

Como Definir uma Estratégia para Presença nas Redes Sociais

Como Definir uma Estratégia para Presença nas Redes Sociais

Sem definir uma estratégia, a presença de uma empresa nas Redes Sociais poderá até ter um perfil, mas não saberá o que fazer com ele para conseguir atingir os objectivos pretendidos, por isso muitas empresas acabam por não perceber bem as vantagens proporcionadas por esse investimento e acabam, muitas vezes, por desistir.

É muito importante para uma empresa definir qual o objectivo da sua presença nas Redes Sociais. Para a maioria das empresas, as Redes Sociais são os mais importantes canais para geração de leads, por exemplo. E é simples de perceber essa dinâmica, pois é nessas plataformas que os seguidores e clientes se sentem mais à vontade para partilhar conteúdos das empresas, para comentar e dar feedback sobre produtos/serviços oferecidos. Mas existem outros objectivos que podem estar alocados a uma estratégia nas Redes Sociais, tais como:

Atrair Tráfego para o Site e/ou Blog

As Redes Sociais são uma boa forma para atrair pessoas para o seu site ou blog, porque  mesmo quando uma empresa é nova no mercado e ainda não possui muitas visitas no seu site, já terá alguns seguidores nas Redes Sociais. Desta forma, se uma empresa utilizar as Redes Sociais para fazer a divulgação dos conteúdos do seu site ou blog, dará visibilidade aos mesmos. Assim, use as Redes Sociais e crie conteúdos que façam o link para o seu site ou blog.

Divulgação/Fortalecimento da Marca

Através das Redes Sociais também poderá reforçar o  posicionamento da sua marca. Para isso, basta produzir conteúdos especialmente relevantes para as Redes Sociais. Não pense que fazer conteúdos exclusivos é uma perda de tempo, afinal muitos influenciadores do mercado construíram a sua autoridade justamente nas Redes Sociais.

Servir como Canal de Comunicação com os Clientes

Muitas vezes, as Redes Sociais funcionam como um Serviço de Atendimento ao Consumidor, devido ao facto de permitirem que se estabeleça uma conversa rápida com os Clientes sobre dúvidas e reclamações.

Esta prontidão tem, naturalmente,  prós e contras: por um lado, dá a possibilidade de ter mais contacto com seu público, permitindo uma maior rapidez na resolução de problemas e resposta a questões e, claro, isto fortalece a relação com a audiência da empresa; por outro lado, o potencial de viralização das redes sociais pode agir contra a empresa, caso não preste a atenção solicitada ao seu público-alvo.

Pedagogia através da Divulgação de Conteúdo

Uma das maneiras estimular o seu público-alvo por uma determinada solução para determinado problema é educá-lo mostrando a importância do seu mercado, bem como a sua empresa pode ajudar a resolver as suas dores e problemas. As Redes Sociais são um óptimo meio de educar o seu público, por isso aproveite o potencial de viralização dos conteúdos e utilize formatos atractivos para a sua audiência.

Vendas

Muitas empresas associam o uso das Redes Sociais à mera geração de tráfego e divulgação/fortalecimento da marca, mas uma empresa também as pode utilizar durante toda a jornada de compra.

Há várias formas de o fazer, ou seja, tanto pode tanto criar anúncios segmentados para determinado público (de acordo com o perfil e interesse desse público) quanto abordar  individualmente determinadas pessoas através de mensagens – explique sempre por que está  a entrar em contacto e clarifique os seus objectivos.

O que Publicar nas Redes Sociais

Este item está interligado com o anterior. Para definir o que vai publicar, é importante ter presente o objectivo. Por exemplo, uma empresa que vise a geração de leads, irá apostar em conteúdos, posts do blog ou materiais ricos como eBooks, webinars, vídeos etc. Além disso, algumas empresas também visam fortalecer a marca, por isso fazem outros tipos de publicações que não estão directamente relacionados com os seus conteúdos, como: vídeos institucionais (vídeo de Natal); vídeos com dicas rápidas que ensinem e/ou ajudem o utilizador em algo que consideramos útil; divulgação de eventos, etc.

Com que Frequência Devo Publicar?

É importante ter um calendário de publicações, apesar de no início parecer uma tarefa difícil. No entanto, consoante a estratégia de Marketing de Conteúdo foi avançando, terá tudo mais preenchido.

Algumas empresas, como a nossa, tem como rotina publicar no mínimo um post novo no blog nas redes sociais por dia e um material rico para geração de leads por semana. Além disso, cada post do nosso blog é publicado 3 vezes em cada rede social, e cada material rico mais quatro vezes, em horários e dias de semana diferentes.

Qual o Melhor Horário para Publicar?

Não existe um horário para todas todos os públicos. Assim, a empresa terá que descobrir qual é o horário em que a sua persona costuma estar online.

Para facilitar a gestão, algumas Redes Sociais apresentam análises sobre os melhores horários para as suas plataformas. O Facebook Insights, por exemplo, mostra os dias da semana e os horários em que os seus seguidores estiveram mais conectados.

Como devo Interagir com o meu Público?

Faça de conta que é dono de um restaurante, que seguiu todos os passos para ter uma boa presença nas Redes Sociais. Criou uma página no Facebook, definiu a sua estratégia faz publicações frequentemente. Porém, um dia, um cliente teve uma má experiência com um prato que lhe foi servido no seu restaurante.

Esse Cliente entra na página de Facebook do seu Restaurante e tece duras críticas sobre a forma o restaurante, com comentários bastante negativos nas suas publicações. O que é que você faz?

Da nossa experiência, não escolha deixar o Cliente sem resposta, muito menos, exclua os comentários dele. Sabe porquê? Ele se aperceberá disso e voltará ainda mais furioso, disposto a fazer ainda mais comentários. E, caso você não responda, as pessoas que acedam à sua página irão ver as avaliações negativas e eliminarão o seu restaurante sem lhe dar sequer uma oportunidade.

Assim, recomendamos que cada caso, investigue ao pormenor o que aconteceu e não dê respostas imediatas. Pense e informe-se bem primeiro. É muito importante dar uma resposta, que apresente uma solução para o problema do Cliente e não uma mera justificativa que, muitas vezes, quase sempre acaba por culpar o Cliente.

 

Quer receber mais informações sobre gestão de Redes Sociais? 

Envie-nos um E-mail!

Eu concordo com o armazenamento dos meus dados de acordo com a Política de Privacidade (obrigatório)*
Redator Imarketing

Os comentários estão fechados.