Imarketing

A sua empresa vai vender mais

MARKETING DIGITAL PARA PME

Enquanto utilizadores da Internet, no dia a dia facilmente nos apercebemos de como esta transformou as nossas vidas! Senão vejamos, já não passamos sem o Google sempre que temos qualquer dúvida e para estarmos a par do que se passa com os nossos amigos consultamos as redes sociais. Certo?

Tendo a Internet transformado a vida das pessoas, naturalmente também o fez relativamente às empresas. Assim, foi necessário (e continuará a ser) acompanhar as mudanças, a adopção de novas ferramentas e formatos. Em face deste cenário, muitos negócios estão a beneficiar com o Marketing Digital.

Curiosamente, para as pequenas e médias empresas (PME) ainda tem sido mais espetacular, pois permite-lhes competir em pé de igualdade com as grandes.

“Pessoas influenciam pessoas. Nada é mais influente do que uma recomendação de alguém de confiança. Essa fonte confiável pode influenciar uma pessoa mais do que qualquer tipo de mensagem em qualquer meio tradicional. Um influenciador é o Santo Graal da publicidade.” Mark Zuckerberg

Estar Presente Online para Ser Conhecido

Actualmente, as pessoas estão atentas aos sites e às redes sociais das  PME, para conhecerem um pouco da marca, além dos produtos/serviços que oferecem. Isso dá-lhes uma confiança acrescida antes de avançarem para a compra.

Neste sentido, as PME devem ter uma presença online em diferentes canais para que os potenciais Clientes as encontrem na Internet. Afinal, o objectivo da presença das pessoas na Internet passa pela informação e interacção. Assim, se a sua PME não estiver presente, a concorrência estará certamente!

Gerar Engajamento com a Persona

O Marketing Digital dá a possibilidade não só de atrair possíveis Clientes e, assim, aumentar a oportunidade de vendas de uma PME, mas também a possibilidade de fidelizá-los. Isto porque através da comunicação que se pode estabelecer através de conteúdos adequados (que vão muito para além da mera publicidade comercial), as pessoas podem interagir com a sua PME. E essa interactividade permite criar laços muito fortes entre as PME e os consumidores.

Acompanha a Jornada de Compra

Antigamente a Jornada de Compra de um Cliente era relativamente simples, ou seja,  ele via um anúncio na TV ou num jornal, ia até uma loja física e tomava a decisão de compra no local, onde também efectuava o pagamento. Presentemente, essa jornada de compra mudou. O consumidor pode pesquisar por preços na Internet, comparar através do telemóvel, ir ao Centro Comercial e experimentar os produtos, regressar a casa e adquirir os produtos via e-commerce. No entanto, também pode fazer tudo de forma diferente para comprar o mesmo produto! O paradigma mudou.

Uma das vantagens do Marketing Digital é que permite que todo o processo dessa jornada de compra seja acompanhada pela PME, isto é, por todos os canais pelos quais o consumidor passou (websites, página de Facebook, blog, loja de e-commerce, etc.). Assim, a PME através de conteúdos personalizados e visando ajudar o Cliente a satisfazer todas as suas dúvidas, pode influenciar a sua tomada de decisão de compra.

Fidelização dos Clientes

Também no marketing offline o relacionamento com o Cliente deve ir muito além da finalização de uma compra, visando sempre que o Cliente volte a comprar, ou recomende a marca através do passa palavra. Agora imagine, com a Internet pode alcançar-se muitas mais pessoas, através de estratégias de Marketing Digital visando a fidelização de Clientes. Estas estratégias são valiosas pois, como é sabido, custa muito mais angariar um novo Cliente, do que manter um.

Através de várias funcionalidades é possível estar em contacto com o Cliente – como exemplo, um blog que vai nutrindo a relação entre o Cliente e a PME que pode suscitar o interesse para uma nova compra.

Para a fidelização de Clientes funcionar, interessa conhecer profundamente o perfil de cada pessoa de forma a direccionar a comunicação personalizada para a mesma, de forma a que a faça sentir-se especial perante a PME. Será também importante oferecer vantagens a quem já é Cliente da PME, naturalmente.

Obter Autoridade da Marca

As marcas que estão na Internet de forma consistente através de um blog institucional, por exemplo, website e redes sociais, através do Marketing de Conteúdo e das suas estratégias, têm grandes possibilidades de se tornarem uma marca de autoridade. Como? Através de conteúdos específicos, tirando dúvidas, esclarecendo e demonstrando conceitos importantes, faz com que as pessoas percebam que se é um especialista ou domina determinada área de negócio.

O posicionamento de uma empresa nos lugares cimeiros dos resultados do Google é indicador de que determinada PME é uma referência no mercado. Naturalmente esse tipo de resultado atrai mais pessoas para a sua PME e desperta confiança nos clientes atuais e potenciais.

Competição com Grandes Empresas

Na maior parte das vezes uma PME teme envolver-se no Marketing Digital porque acredita que está, à partida, desfavorecida relativamente às grandes empresas que operam no mercado onde actua, que possuem grandes recursos financeiros.

Se formos a ver bem, essa diferença é bastante maior no marketing offline que, normalmente, exige investimentos bastante mais elevados. Afinal, investir em publicidade na TV, em jornais ou na rádio, é muitas vezes inviável para muitas PME.

Em contrapartida, o mundo digital oferece melhores condições a nível de investimentos. Imagine que até pode ter bons resultados sem investir sequer em publicidade online! Por exemplo, através de um blog institucional e nas redes sociais é possível atrair potenciais Clientes e engajar a audiência. E se a empresa quiser investir em publicidade paga, pode começar como pequenas verbas e também obter bons resultados.

Segmentação do Público

Ao contrário do que acontece nos meios de comunicação ditos tradicionais, na Internet e através de estratégias de Marketing Digital bem feitas, é possível direccionar a comunicação para um público muito específico que esteja interessado em determinado produto/serviço. Sendo o potencial de alcance da Internet imenso, o seu enorme diferencial é o seu poder de segmentação do público.

Com efeito, a segmentação é possível desde o primeiro contacto do visitante de um site, com a PME, através de um determinado anúncio nas redes sociais, por exemplo. Assim, a experiência da compra torna-se bem mais interessante, gerando satisfação no utilizador, que vai receber apenas conteúdos direccionados ao seu perfil, portanto, ao seu gosto pessoal.

Por outro lado, a segmentação também pode ser usada para veicular conteúdos e ofertas relacionadas com as etapas da Jornada de Compra do consumidor. Por exemplo, um envio de e-mail marketing só será levado a cabo quando a empresa identificar que o utilizador já está na etapa desejada (mais maduro para a compra, por exemplo).

Como é que isso é possível? De uma forma simples, ou seja, é o próprio lead (contacto) que fornece informações sobre si, seja por conta própria (ao preencher um formulário, por exemplo), seja por meio dos cookies do seu navegador (que rastreiam os seus passos na Internet). Desta forma, as PME podem analisar os dados recolhidos sobre quem os visita online e elaborar estratégias devidamente segmentadas para cada tipo de público.

Personalização das Ofertas

Para além da segmentação acima referida, a personalização da comunicação assume grande relevância no Marketing Digital, uma vez que permite desenvolver conteúdos e ofertas únicas para cada pessoa –  dentro de um determinado segmento de público, cada pessoa tem um perfil único estando a viver em determinada fase de vida.

E como é que se consegue fazer isso?  Como acima explicado! Ou seja, é possível obter informações sobre cada utilizador, histórico de navegação, etc., tornando possível utilizar esses dados na estratégia de personalização da comunicação.

A sua PME vai vender mais!

Obtenção de Resultados de Longa Duração

O Marketing Digital disponibiliza meios pagos e meios orgânicos de divulgação da sua PME. Entre os meios orgânicos, estão a Search Engine Optimization (SEO) e o Marketing de Conteúdo que, entre outras vantagens, oferecem resultados sólidos para as PME.

Com efeito, um blog nunca perderá os conteúdos publicados, bem como a reputação que granjeou ao longo do tempo, pois ainda poderão ser acedidos anos depois de terem sido publicados, continuando a gerar acessos e conversões.

Uma  estratégia de conteúdos bem delineada e executada gera activos para a PME, que continua a obter resultados com aqueles posts ao longo do tempo, mesmo que eles fiquem lá “parados”!

Excelente Custo-benefício

Muitos gestores de PME olham para as vantagens do Marketing Digital, mas ainda pensam que para aproveitá-las, é preciso investir muito dinheiro.

No entanto, como já se referiu são as PME que mais benefícios podem colher com o Marketing Digital, pois os investimentos são acessíveis e os resultados são expressivos. Com efeito, mesmo com um baixo orçamento consegue-se atrair muitos interessados, através de links patrocinados e Facebook Ads, por exemplo, se pretender resultado a quase imediatos. Se quiser investir pouco e com resultados a mais longo prazo, temos estratégias de SEO e nas redes sociais, que permitem construir uma forte presença online.

Relativamente à publicidade online paga, outra das grandes vantagens é que ao anunciante  só é cobrado quando obtém resultados. Os modelos de cobrança mais comuns, são o Custo por Clique (CPC), o Custo por Mil Visualizações (CPM) ou o Custo por Aquisição (CPA). Assim, o anunciante só paga quando um cliente clica no seu anúncio, visualiza ou faz uma compra. Ou seja, paga apenas quando tem algum resultado com o seu investimento!

Permite Medir Todos os Resultados

O marketing offline tem algumas limitações quanto à medição dos resultados das campanhas. Por exemplo, uma PME não consegue saber exactamente quantas pessoas visualizaram um anúncio no jornal ou um outdoor na rua. Mais difícil ainda é saber quantas pessoas foram comprar o seu produto/serviço, depois de terem visto um anúncio da sua PME.

Já com o Marketing Digital é possível saber isso tudo! Como já se disse, a Internet  permite rastrear todos os passos dos Clientes, desde um clique em num link do e-mail marketing até à finalização de uma compra na loja virtual.

Assim, uma PME consegue saber exactamente quantas pessoas acederam ao seu site, quantas delas compraram, e qual foi o retorno do investimento em publicidade.

Para tal, várias métricas são colocadas à disposição pelas redes sociais, pelas plataformas de anúncios (como o Facebook Ads e o Google Adwords) e pelos software de análise de dados (como o Google Analytics). No entanto, há tantas métricas disponíveis que há necessidade de saber quais são os dados a que se deve dar mais atenção. A esses dados, damos o nome de Key Performance Indicators (KPIs ). Os KPIs são métricas que estão relacionadas com os objectivos e metas traçados no planeamento da estratégia e que representam um resultado efectivo para o negócio.

Baixos Investimentos face aos resultados obtidos

Muitos gestores de PME olham para as vantagens do Marketing Digital, mas ainda pensam que para aproveitá-las, é preciso investir muito dinheiro.

No entanto, como já se referiu são as PME que mais benefícios podem colher com o Marketing Digital, pois os investimentos são acessíveis e os resultados são expressivos. Com efeito, mesmo com um baixo orçamento consegue-se atrair muitos interessados, através de links patrocinados e Facebook Ads, por exemplo, se pretender resultado a quase imediatos. Se quiser investir pouco e com resultados a mais longo prazo, temos estratégias de SEO e nas redes sociais, que permitem construir uma forte presença online.

Relativamente à publicidade online paga, outra das grandes vantagens é que ao anunciante  só é cobrado quando obtém resultados. Os modelos de cobrança mais comuns, são o Custo por Clique (CPC), o Custo por Mil Visualizações (CPM) ou o Custo por Aquisição (CPA). Assim, o anunciante só paga quando um cliente clica no seu anúncio, visualiza ou faz uma compra. Ou seja, paga apenas quando tem algum resultado com o seu investimento!

Execução das Estratégias de Marketing Digital

Qualquer estratégia definida pela PME, de Marketing Digital, deve ser levada a cabo de forma pensada, avaliando mensalmente os ajustes que devem ser feitos consoante os dados que vão sendo recolhidos.

Quanto mais a sua PME trabalhar o seu Marketing Digital mais consolidará a sua presença online e, consequentemente, maior retorno irá tendo com os conteúdos que se forem publicando, com a lista de contacto que tenderá a crescer e com a audiência com um maior engajamento. O sucesso será garantido!

Nota: Aceda ao nosso Blog para saber como fazer um Plano de Marketing Digital

“Faça do cliente o herói da sua história.”  Ann Handley.